Expresso das Ilhas

Switch to desktop Register Login

OMC quer aumentar diálogo com sociedade civil

Com o objectivo de desenvolver o diálogo com a sociedade civil, a Ordem dos Médicos Cabo-verdianos (OMC) promoveu ontem, na cidade da Praia, uma conferência sobre “A Representação Social da Figura do Médico”. O acto enquadra-se na comemoração dos vinte anos da Ordem e marca o início de uma série de nove conferências sociais, a ser proferida semanalmente.

 

A apresentação do tema foi feita pelo antropólogo e docente universitário Manuel Brito-Semedo.

Indo em busca dos legados deixados na medicina em Cabo Verde, mas também do reconhecimento público, Brito-Semedo apresentou os médicos que foram eternizados nas mornas, nos bustos erigidos em lugares públicos, bem como os que seus nomes foram atribuídos às ruas e infraestruturas hospitalares.

A comemoração dos 20 anos da OMC, sob o lema “Um legado, Novos desafios”, teve início no dia 5 de Novembro. Segundo o bastonário da OMC, Daniel Ferreira, para celebrar as duas décadas da Ordem estão programadas mais de meia centena de actividades, a serem realizadas em três meses.

Depois da conferência proferida ontem seguem mais oito, que vão ter lugar semanalmente nas instalações da OMC. Segundo o bastonário, todas estas conferências sociais serão abertas ao público no sentido de encetar mais diálogo com a sociedade.

“Mas nós também dissemos que um dos objectivos é celebrar este nosso percurso e contribuir para o prestígio e a dignidade da classe”, reforça Daniel Silves Ferreira.

A primeira das nove conferências sociais da OMC contou com a presença do presidente da Assembleia Nacional, Jorge Santos.

Em jeito de arremate da sua exposição, Brito-Semedo sugeriu a criação de um museu sobre a temática da medicina em Cabo Verde, a edição do segundo volume do livro sobre a história da medicina em Cabo Verde, de Henrique Santa-Rita Vieira, e a publicação de selos postais com médicos ilustres.

 

sexta, 10 novembro 2017 09:36

Deixe um comentário

Os campos com (*) são obrigatórios.

Expresso das Ilhas

Top Desktop version