Expresso das Ilhas

Switch to desktop Register Login

Erupção/Vulcão do Fogo: Governo declara situação de contingência e garante estar preparado (actualizada)

O Governo acaba de declarar a situação de contingência nas ilhas de Fogo e Brava, em virtude da erupção vulcânica na ilha do Fogo.

 

Em comunicado, o Ministério da Administração Interna informa que contingência é declarada "em virtude da erupção vulcânica (...) mensurável na escala 5, cujo grau de perigosidade é susceptível de causar elevados prejuízos materiais e vítimas".

O executivo assegura "está preparado" para fazer face à erupção do vulcão do Fogo. A ministra da Administração Interna garante que tudo está a ser feito para prestar socorro à população de Chã das Caldeiras.

Marisa Morais, em declarações à RCV, revelou que o executivo está atento à possibilidade da erupção ter “alguma intensidade”. A governante, que tutela a pasta da protecção civil, deu conta da mobilização de meios, em Santiago, para apoiar as estruturas locais, no Fogo.

“Já há uma equipa da protecção civil nacional que se encontra no aeroporto para partir para o fogo dentro de cerca de uma hora, exactamente para apoiar os serviços municipais. Entretanto, temos já em preparação a partida de um barco com contingente militar e também com reforços de vários níveis, desde equipamentos e bens de primeira necessidade, para cobrirmos todas as eventualidades”, esclareceu.

A ministra apela à calma e desaconselha visitas ao local.
 

Governo em contacto com autoridades
 

Já o chefe de Governo falou aos jornalistas cerca da uma da tarde. Em conferência de imprensa, José Maria Neves revelou que a erupção pode intensificar-se nas próximas horas e que "pode ser mais intensa do que a se verificou em 1951".

"Já contactámos todas as autoridades", acrescentou Neves, garantindo que o governo está em contacto directo com o serviço nacional de protecção civil, a Agência de Aviação Civil, a ASA e a Cruz Vermelha".

O Primeiro-Ministro confirmou que as casas construídas em 1995, data da última erupção, e as habitações do programa Casa Para Todos vão ser disponibilizadas para acolher a população de Chã das Caldeiras.

Ao mesmo tempo, a ASA anunciou que todos os aviões na roto do Fogo vão ser desviados. 

O vulcão do Fogo entrou em erupção na manhã de hoje, depois de um aumento da actividade vulcânica nos últimos dias. O alerta para o risco eminente foi dado ontem à noite, pelo Instituto de Meteorologia e Geofísica, no Mindelo. 

 

Notícia actualizada às 13:32.


domingo, 23 novembro 2014 12:04

1 comentário

  • Casimiro Rodrigues 23-11-2014 Reportar

    Cabo Verde nos estamos fora, não é que nós não nus amemos muito. Cada coisa que passa nos ficamos muito tristes. Espero que todos os caboverdianos estejam todos bem com este irrupção do vulcão, espero que todos se resolvi bem, prenssepalmenti os foguensse sem que ninguém fica ferido, é esta é o nosso desejo em nome de todos nós que está fora de lá . comprimento casimiro de vital Paris França.

Deixe um comentário

Os campos com (*) são obrigatórios.

Expresso das Ilhas

Top Desktop version