Expresso das Ilhas

Switch to desktop Register Login

Governo anuncia investimento de 3 milhões de contos para acabar com barracas no Sal e na Boavista

Ulisses Correia e Silva Ulisses Correia e Silva

O Governo vai investir, até 2021, cerca de 3 milhões de contos para acabar com as barracas ao lado dos hotéis nas ilhas do Sal e da Boavista, anunciou ontem o Governo.

 

O executivo assegura que o objectivo é a requalificar, reorganizar e mudar radicalmente” o ambiente nos aredores dos hotéis.

A garantia foi dada este sábado, em Assomada, pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, ao presidir o acto de encerramento da criação da Associação de Turismo de Santiago, que elegeu Eugénio Inocêncio como seu primeiro presidente.

Segundo o chefe do Governo, as correcções, que já estão a ser introduzidas, devem-se ao facto de o país precisar de um turismo com implicação na economia local.

“No Sal e Boa Vista estamos a fazer efeitos correctivos, investindo fortemente, através do Fundo do Turismo e Fundo do Ambiente para que haja inclusão social com o turismo”, afirma

Correia e Silva garante que o Governo vai ainda fazer uma “forte aposta” na segurança turística, ofertas de serviços de saúde e segurança, para que as cidades e localidades possam transformar-se em locais de atractividade para os turistas.

Para que tudo isso seja concretizado, o primeiro-ministro apela a parceria entre o Governo, os municípios, e as câmaras de comércio e de turismo.

segunda, 06 novembro 2017 07:53

1 comentário

  • Cândida Leite 06-11-2017 Reportar

    Ê preciso estar-se sempre alerta para impedir os dorminhocos de continuar na profunda sonolência (ou no faz de conta).
    Agora aparece o UCS agora com promessas mas é que de promessas estamos fartos. Queremos actos. Se hà dinheiro que arranquem com a demolição dos bairros de lata e cartão, indignos de um pais que so pensa em festivais.

Deixe um comentário

Os campos com (*) são obrigatórios.

Expresso das Ilhas

Top Desktop version