Expresso das Ilhas

Switch to desktop Register Login

Descendentes de Judeus em Cabo Verde no século XX colonial

No âmbito do “Projecto de Salvaguarda da Presença e Herança Judaicas em Cabo Verde – séculos XIX e XX”, promovido pela Cape Verde Jewish Heritage Project, Inc., com sede em Washington D.C., e parcialmente financiado pela World Monuments Fund, foi feito um levantamento de dados respeitantes aos comerciantes judeus que passaram a residir no arquipélago a partir de meados do século XIX e aos seus descendentes directos, no Boletim Oficial de Cabo Verde, do ano de 1900 até 1974, inclusive.

Foram identificados os indivíduos que possuem os apelidos das famílias estudadas, oriundas de Marrocos, de Gibraltar, da Argélia e de Portugal continental, e outros, que não usando nenhum destes apelidos, são conhecidos na sociedade cabo-verdiana como sendo oriundos destas mesmas famílias. Trata-se, portanto, de um ficheiro que será necessário completar, à medida que forem sendo identificados outros descendentes que não adoptaram nenhum dos referidos apelidos.

Foi possível reunir dados respeitantes a alguns dos comerciantes judeus de primeira geração que se instalaram em Cabo Verde e que faleceram no século XX, tais como Bento Levy e Benjamim Alves.

A maioria dos dados refere-se, portanto, a filhos e netos dos comerciantes judeus de Marrocos e Gibraltar que viveram em Cabo Verde no século XIX, e, nos últimos anos, a alguns bisnetos. São reveladas informações sobre muitas mulheres, e surgem mais dados relativos a famílias sobre as quais se reuniram menos elementos até agora, tais como a família Azulay, na Brava, Abitbol, em S. Nicolau, Benahim, em Santo Antão e S. Vicente, Seruya, em Santiago, Azancot, em Santo Antão e S. Nicolau, Azagury, em S. Vicente e Levy Bentub, em Santo Antão.

Pode ainda dizer-se que a conjugação de apelidos dos netos revela, até certo ponto, uma estratégia matrimonial entre estas famílias, mas sobretudo, alianças matrimoniais com famílias de uma elite económica e/ou cultural cabo-verdiana de presença mais antiga no arquipélago, de origem portuguesa.

O principal aspecto que surge de forma muito notória é a presença expressiva destes descendentes na actividade económica das ilhas ao longo de todo o período colonial do século XX, com um peso especial no comércio de importação e exportação, mas também com uma presença quase permanente nas iniciativas de cariz industrial. Também estão presentes nos sectores da pesca, da agricultura e da pecuária. Nota-se que constituíam firmas entre si, mas também com sócios cabo-verdianos de outras origens. São também notórias as ligações directas a Portugal, a outras ilhas atlânticas, nomeadamente às Canárias, e a outros territórios ou países ditos lusófonos, como Angola e Brasil, para além dos Estados Unidos da América.

Com efeito, todos os anos surgem indivíduos destas famílias na lista dos maiores contribuintes da então provínica, em especial, a família Levy, da Praia, o ramo Benoliel de Carvalho, da Boavista, Abraham Julião Brigham, de Santo Antão, e, de acordo com os períodos, Salomão Benoliel, da Boa Vista, Fernando Wahnon, do Paúl, Santo Antão, e a família Cohen, da Ponta do Sol, Santo Antão. Estes indivíduos e outros, como Rafael Anahory na Brava, Severo Anahory na Boa Vista, membros das famílias Benchimol e Alves em Santa Catarina foram muito frequentemente eleitos ou nomeados para diversos órgãos públicos de regulação da actividade económica no arquipélago. A presença dos maiores empresários acima referidos é também constante e muito expressiva nas Associações Comerciais, Agrícolas e Industrial do Barlavento e do Sotavento, nas quais quase sempre assumiram cargos de direcção. Pode afirmar-se sem rodeios que não se pode fazer a História Económica de Cabo Verde no século XX colonial sem estudar o contributo destas famílias e indivíduos, e, vice-versa, que para se compreender o papel dos acima referidos na sociedade cabo-verdiana do século XX colonial é necessário, e até, imprescindível elaborar uma História Económica das ilhas, uma vez que estão directamente implicados em todos os sectores e actividades económicas, ainda que com um peso mais expressivo no comércio e nas poucas iniciativas industriais.

Pela análise dos dados reunidos, revela-se também muito significativa a participação destes descendentes na área do desporto, havendo quase sempre um descendente integrando os corpos gerentes das diferentes associações desportivas que foram surgindo em todas as ilhas ao longo do século XX.

Nota-se a presença de alguns professores primários de carreira, tais como Veríssimo Wahnon e David Benoliel, incluindo várias mulheres, e muitos destes descendentes são nomeados ou eleitos para cargos públicos, com especial expressão no período da Iª República portuguesa (1910 – 1926), havendo vários que foram nomeados como administradores de concelho durante esse período.

De entre os poucos funcionários da carreira adinistrativa, de notar os irmãos Benrós como administradores. Por fim, alguns descendentes dedicaram-se também a actividades marítimas, sobretudo os oriundos da ilha Brava, das famílias Anahory e Ben David.

Assim, uma das principais conclusões a que se chega pelo levantamento destes dados, e na perspectiva de uma maior compreensão do objecto de estudo, é a necessidade de se fazer uma História Económica de Cabo Verde do século XX, de forma a compreender o papel destas famílias na sociedade cabo-verdiana, já que se trata de actores incontornáveis neste sector da vida do arquipélago.

Seria, de igual modo de interesse elaborar uma História do Desporto em Cabo Verde, vista a sua presença expressiva e constante nesta área ao longo do século XX colonial.   

 

*Historiadora

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 810 de 07 de Junho de 2017.

segunda, 12 junho 2017 06:00

4 Comentários

  • Teresa de Jesús Silva 18-06-2017 Reportar

    Soy descendiente de Caboverdeano, familia Ramos Silva de Santo Antao mi tío Ayres Continho, ya fallecido, podría ser descendiente de judíos. Mis primas, que viven en la Ciudad de Ensenada Partido de La Plata - Capital de la Provincia de Buenos Aires - República Argentina ( el nombre de tío era Ayres Coutinho ) gracias por el informe, me es de mucha utilidad.

  • carmem D.Alves Gomes Alfama 15-06-2017 Reportar

    Bom ter conhecimento sobre nossos antepassados sou bisneta do Benjamín Alves que é o pai do meu Avó Juvêncio Varela Alves .agradecia o envio de qualquer informação.

  • Miriam Makela Moreira Vaz Semedo 13-06-2017 Reportar

    Fiquei satisfeito e aliviado por saber coisa que sempre os meus avós me diziam, "a minha os meus pais eram judeus. Não diz nada porque dizem que foram os judeus mataram Jesus."

  • LEÃO VULCÃO 12-06-2017 Reportar

    Confira a lista de sobrenomes processados pela Inquisição:

    A

    Abreu Abrunhosa Affonseca Affonso Aguiar Ayres Alam Alberto Albuquerque Alfaro Almeida Alonso Alvade Alvarado Alvarenga Álvares/Alvarez Alvelos Alveres Alves Alvim Alvorada Alvres Amado Amaral Andrada Andrade Anta Antonio Antunes Araujo Arrabaca Arroyo Arroja Aspalhão Assumção Athayde Ávila Avis Azeda Azeitado Azeredo Azevedo

    B

    Bacelar Balão Balboa Balieyro Baltiero Bandes Baptista Barata Barbalha Barboza /Barbosa Bareda Barrajas Barreira Baretta Baretto Barros Bastos Bautista Beirão Belinque Belmonte Bello Bentes Bernal Bernardes Bezzera Bicudo Bispo Bivar Boccoro Boned Bonsucesso Borges Borralho Botelho Bragança Brandão Bravo Brites Brito Brum Bueno Bulhão

    C

    Cabaco Cabral Cabreira Cáceres Caetano Calassa Caldas Caldeira Caldeyrão Callado Camacho Câmara Camejo Caminha Campo Campos Candeas Capote Cárceres Cardozo/Cardoso Carlos Carneiro Carranca Carnide Carreira Carrilho Carrollo Carvalho Casado Casqueiro Cásseres Castenheda Castanho Castelo Castelo Branco Castelhano Castilho Castro Cazado Cazales Ceya Céspedes Chacla Chacon Chaves Chito Cid Cobilhos Coche Coelho Collaço Contreiras Cordeiro Corgenaga Coronel Correa Cortez Corujo Costa Coutinho Couto Covilhã Crasto Cruz Cunha

    D

    Damas Daniel Datto Delgado Devet Diamante Dias Diniz Dionisio Dique Doria Dorta Dourado Drago Duarte Duraes

    E

    Eliate Escobar Espadilha Espinhosa Espinoza Esteves Évora

    F

    Faísca Falcão Faria Farinha Faro Farto Fatexa Febos Feijão Feijó Fernandes Ferrão Ferraz Ferreira Ferro Fialho Fidalgo Figueira Figueiredo Figueiro Figueiroa Flores Fogaça Fonseca Fontes Forro Fraga Fragozo Franca Francês Francisco Franco Freire Freitas Froes/Frois Furtado

    G

    Gabriel Gago Galante Galego Galeno Gallo Galvão Gama Gamboa Gancoso Ganso Garcia Gasto Gavilão Gil Godinho Godins Goes Gomes Gonçalves Gouvea Gracia Gradis Gramacho Guadalupe Guedes Gueybara Gueiros Guerra Guerreiro Gusmão Guterres

    H/I/J

    Henriques Homem Idanha Iscol Isidro Jordão Jorge Jubim Julião

    L

    Lafaia Lago Laguna Lamy Lara Lassa Leal Leão Ledesma Leitão Leite Lemos Lima Liz Lobo Lopes Loucão Loureiro Lourenço Louzada Lucena Luiz Luna Luzarte

    M

    Macedo Machado Machuca Madeira Madureira Magalhães Maia Maioral Maj Maldonado Malheiro Manem Manganes Manhanas Manoel Manzona Marçal Marques Martins Mascarenhas Mattos Matoso Medalha Medeiros Medina Melão Mello Mendanha Mendes Mendonça Menezes Mesquita Mezas Milão Miles Miranda Moeda Mogadouro Mogo Molina Monforte Monguinho Moniz Monsanto Montearroyo Monteiro Montes Montezinhos Moraes Morales Morão Morato Moreas Moreira Moreno Motta Moura Mouzinho Munhoz

    N

    Nabo Nagera Navarro Negrão Neves Nicolao Nobre Nogueira Noronha Novaes Nunes

    O

    Oliva Olivares Oliveira Oróbio

    P

    Pacham/Pachão/Paixão Pacheco Paes Paiva Palancho Palhano Pantoja Pardo Paredes Parra Páscoa Passos Paz Pedrozo Pegado Peinado Penalvo Penha Penso Penteado Peralta Perdigão Pereira Peres Pessoa Pestana Picanço Pilar Pimentel Pina Pineda Pinhão Pinheiro Pinto Pires Pisco Pissarro Piteyra Pizarro Pombeiro Ponte Porto Pouzado Prado Preto Proença

    Q

    Quadros Quaresma Queiroz Quental

    R

    Rabelo Rabocha Raphael Ramalho Ramires Ramos Rangel Raposo Rasquete Rebello Rego Reis Rezende Ribeiro Rios Robles Rocha Rodriguez Roldão Romão Romeiro Rosário Rosa Rosas Rozado Ruivo Ruiz

    S

    Sa Salvador Samora Sampaio Samuda Sanches Sandoval Santarém Santiago Santos Saraiva Sarilho Saro Sarzedas Seixas Sena Semedo Sequeira Seralvo Serpa Serqueira Serra Serrano Serrão Serveira Silva Silveira Simão Simões Soares Siqueira Sodenha Sodré Soeyro Sueyro Soeiro Sola Solis Sondo Soutto Souza

    T/U

    Tagarro Tareu Tavares Taveira Teixeira Telles Thomas Toloza Torres Torrones Tota Tourinho Tovar Trigillos Trigueiros Trindade Uchôa

    V/X/Z

    Valladolid Vale Valle Valença Valente Vareda Vargas Vasconcellos Vasques Vaz Veiga Veyga Velasco Velez Vellez Velho Veloso Vergueiro Viana Vicente Viegas Vieyra Viera Vigo Vilhalva Vilhegas Vilhena Villa Villalão Villa-Lobos Villanova Villar Villa Real Villella Vilela Vizeu Xavier Ximinez Zuriaga

Deixe um comentário

Os campos com (*) são obrigatórios.

Expresso das Ilhas

Top Desktop version