Expresso das Ilhas

Switch to desktop Register Login

Opinião

Pela internet (http://www.expressodasilhas.sapo.cv/opiniao/item/52018-no-reino-da-nao-justica) tomei conhecimento de um artigo de opinião da autoria dos advogados Amadeu Oliveira e Rogério Reis, com a participação da Dra. Dionara Anjos, publicado no jornal “Expresso das Ilhas”, intitulado “No Reino da Não-Justiça”, através do qual os referidos advogados teceram duras críticas ao Conselho Superior da Magistratura Judicial (CSMJ), ao Juiz colocado na Comarca de Ribeira Grande, Dr. Afonso Delgado, e ao Procurador da República colocado na Comarca do Porto Novo, Dr. Nilton Moniz. Tenho de agradecer ao Expresso das Ilhas a publicação do referido artigo, pois, eu e a minha família somos um dos mais prejudicados…
segunda, 20 março 2017 11:16
1
De erupções capilares a cuspidelas duma certa dentadura literária (ou singelo contributo para a desratização da literatura pátria e suas instituições cimeiras) «Não se pode ser culto e manhento ao mesmo tempo». João Vário   «Ética é estar à altura daquilo que nos acontece» Gilles Deleuze                                                               INTRODUÇÃO Esta é a crónica de um acerto de contas anunciado. Mas acaba por ser também um alerta à nova geração de escritores…
domingo, 19 março 2017 16:49
1
De uns tempos para cá, em Cabo Verde tem-se assistido a uma frenética corrida para se ocupar um lugar nos bancos das nossas universidades. Face a isto, e não nos podendo ficar indiferentes, somos tentados a questionar: será esta tendência uma exigência da era atual, modismo, ou simplesmente mero capricho dos cabo-verdianos? Conquanto, sabe-se que efetivamente o espantoso crescimento verificado no número de alunos que tem acedido ao ensino superior não tem sido traduzido na prática, infelizmente, na mesma proporção de diplomados. A nosso ver, um dos motivos que possa justificar a desproporção verificada no número de diplomados e de…
terça, 21 março 2017 06:26
2
Não obstante o mito dos direitos humanos, a tradição elitista e política que comanda a base da infantaria impede a lucidez sobre a violência mínima e, por sinal, a compreensão dos problemas da Polícia Nacional e da violência máxima. Entre uma e outra, há uma sinergia politica impressionante. Ou seja, a estrutura do problema da violência é bem maior, porém, mais fácil de solucionar, se percetíveis nos seus pormenores. Deste modo, compreender a violência desta nossa urbe se passava por captar o pressuposto básico da questão. A “violência gera violência”, sabemo-la, mas ignoramo-la, teimosamente: Há, no entanto, uma dupla violência…
segunda, 20 março 2017 06:25
0
No contexto da revolução digital que se vive um pouco por toda a parte e está a transformar o mundo, encurtando distâncias e dilatando sonhos, a tendência para contactos instantâneos, através das redes sociais, é cada vez maior. Ainda assim, na autoestrada da informação nem todos se reveem e outros escondem-se por detrás de máscaras pós-modernas e anonimatos desta era da pós-verdade. Existem também muitas pessoas que, embora tenham acesso às tecnologias e à Internet, preferem resguardar-se, mantendo-se longe das redes sociais, seja por razões particulares, profissionais ou políticas. Além de que, pelo mundo fora, a inclusão digital ainda não…
quinta, 23 março 2017 11:24
2
Governar servindo-se do ilusionismo para gerir expectativas, mobilizar apoio político e conter adversários acaba sempre por terminar mal. Quando a realidade vem bater à porta são finalmente conhecidas as facturas por pagar acumuladas nos anos de construção de castelos no ar. Também fica-se a saber que o futuro poderá não ser o imaginado. O fim da ilusão não acontece porém sem que na sua esteira surjam sinais inequívocos de pobreza, desorientamento e frustração dos que foram apanhados pelo seu fulgor enquanto os promotores prosseguem a sua vida envoltos numa espécie de véu de intocabilidade. A sociedade, por sua vez, ressente-se…
quinta, 23 março 2017 12:05
1
A identidade não é fornecida de uma vez por todas, por um lado ela constrói-se e transforma-se ao longo da existência, por outro, ela apresenta-se sob múltiplas pertenças. À nascença, alguns elementos como: características físicas, o sexo, a cor…, definem à priori a identidade de alguém, mas mesmo assim, no mundo atual e em certas regiões, tais elementos podem ser transformados ou ter interpretação diversa. Nascer albino em Cabo Verde ou em Portugal não é a mesma coisa que nascer albino na Tanzânia. Da mesma forma que ser negro no Brasil ou mesmo nos Estados Unidos, pode ser diferente que…
quinta, 16 março 2017 06:16
0
O Carnaval de 2017 foi o melhor de sempre em Cabo Verde, mas também foi o mais politizado. É consenso geral, a julgar pelos pronunciamentos públicos, que o Carnaval de 2017 foi o melhor de sempre, e este cronista assina por baixo. Será, portanto, desnecessário vir aqui dizer mais do mesmo, embora a qualidade apresentada, sobretudo no Carnaval do Mindelo, merecesse por si só umas quantas crónicas, tantos seriam os elogios a serem feitos aos grupos espontâneos e “oficiais”, aos criativos dos enredos e andores, aos músicos, às costureiras, e ao povo que, mais uma vez, mostrou que esta festa,…
quarta, 15 março 2017 06:10
1
Onde há exercício de poder, há possibilidade de abuso. Combatem-se os abusos e limitam-se as impunidades com salvaguardas legais e institucionais que funcionam como contrapesos ao poder e também com uma consciência cívica apurada, suportada por uma imprensa livre. A democracia é o melhor dos sistemas políticos não porque as suas regras não são susceptíveis de abuso mas por que nela o Poder é de facto vários poderes que se equilibram em tensão permanente. O ambiente que daí resulta é o em que a igualdade dos indivíduos perante a lei e a defesa da dignidade humana e da liberdade estão…
quinta, 16 março 2017 08:00
2
Este ano, o mês de Fevereiro termina em grande com a Terça-Feira de Carnaval e o mês de Março começará com enorme ressaca numa Quarta-Feira de Cinzas. Pelo meio, celebrou-se o Dia dos Namorados. Tudo isso me faz lembrar de duas canções do filme Orfeu Negro, Manhã de Carnaval, de Luiz Bonfá e António Maria, e A Felicidade, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, ambos elementos fundamentais do movimento da bossa nova do final dos anos cinquenta no Brasil. Em 1955, Vinícius de Moraes acabou finalmente de escrever a sua peça de teatro Orfeu da Conceição. A inspiração surgiu…
terça, 07 março 2017 06:53
1
Além disso sucede que, invertendo o processo, a propensão de publicar primeiro e confirmar depois, por ser mais fácil elementos da comunicação social menos conscientes da ética profissional utilizam a lógica simplista do corta-e-cola, fazendo com que “fake news” em conjugação com histórias mirabolantes formem um coktail que abre janelas para notícias falsas espreitarem sem freio e escancaram portas para o fenómeno crescente de as redes sociais divulgarem factos truncados, partilharem mitos e espalharem intoxicação que afeta os incautos ou que se mostram incapazes de as filtrar convenientemente. Face ao imediatismo, as emoções tendem a sobrepor aos acontecimentos quando os…
quarta, 08 março 2017 06:45
0
Nas últimas semanas a problemática da crise na comunicação social reapareceu de repente na consciência das pessoas, da sociedade e do próprio Estado. Perante casos notáveis de desaparecimento de órgãos de imprensa, surgiram vozes de vários sectores de opinião a expressar preocupação com a sustentabilidade dos jornais privados e das rádios comerciais. Face ao problema, a sugestão da parte do governo de um eventual posicionamento no sentido de reforço dos órgãos públicos de comunicação social não se mostrou encorajador. Provavelmente só iria diminuir mais a base de sustentação da imprensa privada. E a verdade é que a crise na comunicação…
quinta, 09 março 2017 08:09
0
O português no dia-a-dia dos cabo-verdianos é, sem dúvida, uma condição para que o país seja efetivamente bilingue e possa vir a ter uma educação multilingue, caso decida responder ao apelo da UNESCO, lançado por altura do último Dia Internacional da Língua Materna, a 21 de Fevereiro. Mas a nunca conseguida – porque nunca tentada – inclusão de uma faixa significativa da população na esfera do português, a língua oficial, ainda é um entrave ao desenvolvimento cultural. Para além de este ser um problema político determinante, também é um ponto de desequilíbrio do conjunto linguístico, no seu todo. Isto porque,…
terça, 28 fevereiro 2017 06:19
10
Vivemos uma era em que o prefixo eletrónico paira sobre a vida de toda a gente, principalmente dos adolescentes. Com os avanços na ciberesfera e um mundo saturado de informações sugadas da ionosfera tantas vezes com o mesmo entusiasmo irresponsável de uma criança curiosa, é quase impossível digeri-las corretamente por parte de quem não estiver atento à imprescindível seleção e interpretação. A forte adesão às redes socias mostrou-se incontrolável, levando a que cada vez haja mais pessoas a ligarem-se ao seu próprio ementário, ao mesmo tempo que cada vez há menos gente a ler livros, jornais ou revistas e, como…
quarta, 01 março 2017 06:15
0
Quando, em 1940, o ditador português António de Oliveira Salazar organizou a Exposição do Mundo Português, em Lisboa, estava longe de imaginar que iria unir o arquipélago dos Bijagós, na Guiné-Bissau, e a ilha de São Vicente, no arquipélago de Cabo Verde. Para essa famosa exposição, Salazar mandou levar a Lisboa representantes das comunidades das regiões do mundo por onde os portugueses tinham andado, do Oriente ao Ocidente, da Ásia às Américas, incluindo os representantes das colónias africanas. De Cabo Verde, terá ido de barco uma comitiva chefiada pelo famoso compositor B. Leza, que, segundo rezam alguns livros, terá ficado…
quinta, 02 março 2017 06:09
5
  A propósito do Programa de Casa para Todos e da auditoria à IFH que põe a empresa em situação de falência o porta-voz do grupo parlamentar do PAICV deixou saber que o programa tinha sido concebido pelo seu partido, então no governo, para uma franja da população que por não ter posses só pode ser servida numa base social e não na base económica e financeira. O problema é que os meios para implementar o programa não resultaram de uma solidariedade social e nacional mobilizada para o efeito. Vieram de meios financeiros postos à disposição através de uma linha…
sexta, 03 março 2017 08:06
1
“O problema não é que eles não enxergam uma solução, mas que eles não enxergam o problema.” Charles F. Kettering Desde que me contaram esta, passei a ter muito cuidado ao dar o nome aos bois. Não confundir boi (quadrúpede com chifres e cascos) com boy (espécime bípede com direitos e obrigações). Mas eis a estória. Certa manhã, um cidadão entrou no consultório de um cirurgião requerendo os serviços deste para uma cirurgia que precisava fazer. - Quero fazer uma castração, doutor. O médico esforçou-se até ao limite para o convencer a não tomar uma tal decisão de ânimo leve.…
quinta, 23 fevereiro 2017 06:00
4

Expresso das Ilhas

Top Desktop version