Expresso das Ilhas

Switch to desktop Register Login

CV Trade Invest aposta em projecto na área do têxtil de olho no mercado africano

A CVTI - Cabo-Verde TradeInvest fez esta manhã, na Cidade da Praia, a apresentação do projecto de investimento da estilista cabo-verdiana Helena Fortes que prevê a criação de cerca de 300 postos de trabalho na ilha de São Vicente dentro de um ano e meio.

 

O projecto, no qual a CV Trade Invest aposta pela sua inovação, potencial de incremento de exportação (sobretudo para a região da CEDEAO) e projecção internacional do país, engloba a criação de uma empresa de produção de têxteis que terá também uma componente de moda/estilismo.

“O investimento é extenso e contempla a importação dos equipamentos para montagem da empresa cuja primeira unidade será na ilha de São Vicente. Esperamos que esteja tudo pronto a funcionar dentro de um ano e meio”, adiantou Helena Fortes que prevê criar nessa primeira etapa à volta de 300 postos de trabalho.

Um investimento em torno de 8 milhões de euros que a CV Trade Invest acolhe com muito interesse, vincando a pertinência que as industrias criativa, os investimentos de imigrantes cabo-verdianos e sobretudo de jovens empreendedores têm para esta agência promotora.

O crescimento do turismo é algo que também impulsiona esta iniciativa uma vez que um dos focos da unidade fabril será a produção de uniformes de trabalho que pretendem ter nas cadeias hoteleiras um dos principais clientes.

Quanto a aquele que tem sido o maior constrangimento aos investimentos externos no país, o transporte, a PCA da Trade Invest diz que os problemas do passado são “desafios do presente” e que o governo está a trabalhar para criar novas respostas a estes desafios.

Helena Fortes nasceu em São Vicente e com 16 anos de idade partiu para a Europa, seguindo o sonho de ser estilista. Estudou numa academia de moda na Holanda, e realizou o seu estágio numa galeria de roupas de alta costura em Paris. Após o término do seu estágio naquela cidade francesa, regressou a Holanda com o objectivo de iniciar a sua carreira no mundo da moda.

Trabalhou como estilista, consultora de imagem e agente de grandes marcas - como Hugo Boss, Tommy Hilfiger, Lacoste, Louis Vuitton, Burberry, e Inditex – até criar a sua própria empresa, a Fortes Fashion, em 2011.

A empresa disponibiliza uma vasta gama de serviços, desde consultoria de imagem, personal styling, decoração de lojas (visual merchandising), treinamento para assistentes de loja, decoração de eventos e maquilhagem, à criação de linhas de roupa e organização de photoshoot.

A acompanhar Helena Fortes esteve o designer de moda Odair Pereira, criador da marca “Dair Design” e que entra no projecto como parceiro, pretendendo criar uma linha de moda especial para Cabo Verde, que terá como alvo mulheres e homens comuns, e por isso trará também números acima do 38.

O designer, também um cabo-verdiano radicado na Holanda, tem participado com a sua marca em eventos de prestígio, como a New York Fashion Week, e acaba de ganhar um prémio na sua área de actuação.

sexta, 17 fevereiro 2017 12:20

Deixe um comentário

Os campos com (*) são obrigatórios.

Expresso das Ilhas

Top Desktop version