Expresso das Ilhas

Switch to desktop Register Login

Conselho de Disciplina arquiva queixa contra Ultramarina

Decisão foi tornada pública hoje. Conselho de Disciplina da Federação Cabo-verdiana de Futebol considerou queixa contra a Ultramarina como improcedente.

 

Depois de no passado dia 29 de Junho o Conselho de Disciplina da Federação ter instaurado um processo contra o clube do Tarrafal de São Nicolau, tendo por base os relatórios feitos pelos delegados ao jogo e pela equipa de arbitragem, foram dados 5 dias para que o Ultramarina apresentasse a sua defesa.

Segundo o comunicado, a que o Expresso das Ilhas teve acesso, havia, no entender da acusação, "nexo causal entre a não aceitação do FCU (n.d.r. Futebol Clube Ultramarina) em jogar na terça-feira 27 de Junho" e a não abertura das portas do Estádio Orlando Rodrigues "pela justificação dada na comunicação pública do Presidente da Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau em como a ARFSN e a FCF não pediram o estádio para realizar o jogo".

Já a defesa do Ultramarina alegou que sendo o estádio propriedade da Câmara Municipal do Tarrafal de São Nicolau e não do clube questionando, por isso, o motivo de a Associação Regional de Futebol de São Nicolau (ARFSN) não ter pedido o estádio à autarquia para que o jogo se realizasse.

A direcção do Ultramarina negou igualmente que um dos seus jogadores seja o responsável pelas chaves do estádio, algo que, reconhece o CD da FCF, "não ficou provado nos autos", tal como "não foi provada" a interferência do Ultramarina nas diligências feitas para que fossem abertas as portas do estádio. "Portanto, diante das normas da FCF e da ética desportiva não há fundamentos para sancionar aquele clube", aponta o documento do Conselho de Disciplina.

Com esta decisão, tudo indica que a final do campeonato nacional de futebol, que estava marcada para o dia 15 de Julho seja uma vez mais adiada.

De recordar que o jogo entre Ultramarina e Mindelense, relativo à primeira mão das meias finais, não se realizou e que o Ultramarina venceu, na segunda mão, o Mindelense, no Mindelo, por 2-0.

sexta, 14 julho 2017 14:55

Deixe um comentário

Os campos com (*) são obrigatórios.

Expresso das Ilhas

Top Desktop version