Expresso das Ilhas

Switch to desktop Register Login

«Lisístrata ou a Greve do Sexo» estreia sábado em Mindelo

“Lisístrata ou a Greve do Sexo”. Este é o nome da peça que estreia este fim-de-semana no Centro Cultural do Mindelo. Trata-se da adaptação de uma comédia escrita na época em que Atenas atravessava um período de guerra. 

 

Na versão original, o autor, Aristófanes, faz um apelo de paz aos atenienses, mostrando-lhes que com as famílias desfeitas pela violência, o prazer e a cumplicidade do sexo não são mais possíveis. Desta vez, são as mulheres que exigem a paz e a impõem à sua maneira, usando as suas armas de sedução. Para exigirem a paz, as mulheres de Atenas e Esparta reuniram-se e estabeleceram um plano. Usaram as suas armas de sedução e fizeram uma greve de sexo.

O texto foi adaptado à realidade cabo-verdiana.

“Os dois grupos de mulheres que se reúnem secretamente são da Praia e do Mindelo, num clima de tensão, que é obviamente ficcional, dos homens da Praia e do Mindelo que se preparam para uma guerra civil e as mulheres fazem a tal greve de sexo para impedir que esse tipo de divisionismo impere no chão destas ilhas”, explica o encenador, João Branco. 

A peça também desenvolve a questão do empoderamento e da força da mulher para a resolução de questões que os homens nunca conseguiram resolver, neste caso, o estabelecimento da paz ou de um Governo justo para os seus respectivos povos.

O espectáculo, que promete ser hilariante, acontece amanhã e domingo, no Centro Cultural do Mindelo. A estreia, às 21h00, é reservada a mulheres.

No Domingo o espectáculo começa as 20 horas. A peça é o trabalho final dos alunos do 16º Curso de Teatro do Centro Cultural Português.

 

 

 

 

sexta, 14 julho 2017 17:24

Deixe um comentário

Os campos com (*) são obrigatórios.

Expresso das Ilhas

Top Desktop version